Ozempic , Rybelsus , Semaglutida o medicamento para a diabetes que faz emagrecer : O que é ? Para que serve ?

Ozempic , Rybelsus , Semaglutida o medicamento para a diabetes que faz emagrecer : O que é ? Para que serve ?

Novembro 16, 2022 Não Por love amem

A semaglutida é um antidiabético indicado para o tratamento da diabetes tipo 2, pois age estimulando a produção de insulina pelo pâncreas e diminuindo a produção de glucagon, o que ajuda a reduzir os níveis de glicose na corrente sanguínea, quando associado a uma dieta saudável e prática de exercício físico regular.

Além disso, esse remédio pode ajudar a emagrecer, pois promove a saciedade, diminuindo a fome ao longo do dia, e, por isso, a perda de peso acontece pela redução do número de calorias consumidas ao longo do dia.

A semaglutida pode ser encontrada em farmácias ou drogarias, na forma de injeção, com o nome Ozempic, ou na forma de comprimidos, como o Rybelsus, vendido mediante apresentação de receita médica, devendo sempre ser usado com orientação do endocrinologista.

Para que serve

A semaglutida é indicada para o tratamento da diabetes mellitus tipo 2 descontrolada, quando somente dieta, exercícios físicos e/ou uso de outros antidiabéticos não foram suficientes para controlar os níveis de açúcar no sangue.

Esse remédio é um hormônio sintético, semelhante ao glucagon produzido naturalmente pelo corpo, e que estimula a produção de insulina pelo corpo, facilitando o controle dos níveis de açúcar no sangue, quando associado a uma dieta balanceada e a prática de exercícios físicos.

A semaglutida pode ser usada sozinha ou em associação com outros remédios antidiabéticos, como a metformina, por exemplo, somente com orientação médica.

A semaglutida emagrece?

A semaglutida é um remédio que age estimulando a produção de insulina pelo pâncreas, o que permite reduzir os níveis de açúcar no sangue, além de promover a saciedade, fazendo com que se tenha uma redução da quantidade de calorias ingeridas diariamente e, por isso, este medicamento também pode levar ao emagrecimento.

Além disso, em pessoas com diabetes que utilizam a semaglutida, os níveis de açúcar no sangue ficam melhor regulados, fazendo com que o açúcar seja mais facilmente utilizado pelas células, e acaba se depositando menos na forma de gordura.

No entanto, esse remédio não possui indicação oficial e aprovada pela ANVISA para emagrecer, nos casos de obesidade ou sobrepeso, e não substitui a prática regular de atividade física e a dieta balanceada para perda de peso. Como usar

A forma de usar a semaglutida varia de acordo com sua apresentação e inclui:

1. Semaglutida comprimidos

A semaglutida em comprimidos, conhecida como Rybelsus, pode ser encontrada nas doses de 3 mg, 7 mg ou 14 mg, e pode ser usada sozinha ou associada a outros medicamentos para o controle da diabetes, de acordo com a orientação médica.

Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros, com um copo de água, em jejum, de preferência antes do café da manhã, devendo-se esperar pelo menos 30 minutos para fazer a primeira refeição do dia ou tomar outros remédios.

A dose inicial normalmente recomendada para adultos é de 1 comprimido de 3 mg de semaglutida por dia, por 30 dias seguidos. Após o primeiro mês, a dose pode ser aumentada pelo médico para 1 comprimido de 7 mg por dia. Caso seja necessário, após 30 dias, o médico poderá indicar a ingestão de 1 comprimido de 14 mg de semaglutida por dia.

A dose máxima diária de semaglutida não deve ultrapassar 14 mg e deve ser tomada com orientação médica.

2. Semaglutida caneta injetável

A semaglutida na forma de caneta injetável, conhecida como Ozempic, deve ser utilizada através de injeções aplicadas na camada subcutânea da pele (sob a pele) da barriga, da coxa ou da parte superior do braço.

A dose inicial normalmente recomendada para adultos é de 1 injeção de 0,25mg, 1 vez por semana. Após quatro semanas, a dose geralmente é aumentada pelo médico para 0,5 mg, 1 vez por semana. Caso a glicemia não esteja bem controlada, o médico poderá aumentar a dose do medicamento para 1 mg, 1 vez por semana.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns do uso da semaglutida são náusea, dor no estômago, vômito, diarreia, prisão de ventre, gases, perda do apetite, hipoglicemia e alterações na visão.

Além disso, a semaglutida também pode causar efeitos menos comuns, como inflamação no pâncreas (pancreatite), pedra na vesícula e alterações no gosto dos alimentos.

No caso das injeções, podem surgir efeitos colaterais no local da injeção, como dor, coceira, irritação, lesão e manchas roxas perto do local a semaglutida foi aplicada.

Quem não pode usar

A semaglutida não deve ser usada por pessoas com alergia a qualquer um dos componentes da fórmula ou por pessoas com diabetes tipo 1 ou cetoacidose diabética.

Este medicamento também não deve ser usado por crianças e adolescentes menores de 18 anos, e por mulheres grávidas ou que estejam amamentando.

Além disso, pessoas com problemas nos rins, pâncreas, estômago e que estejam usando outros medicamentos, devem informar sobre essas condições ao médico, antes de iniciar o uso de semaglutida.

via tuasaude.com Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa – Farmacêutica, em outubro de 2022.

Advertisements