Aterrorizante: Homem perde o pai e a mãe no espaço de uma hora por falta de oxigénio em hospital de Manaus

Aterrorizante: Homem perde o pai e a mãe no espaço de uma hora por falta de oxigénio em hospital de Manaus

Janeiro 16, 2021 Não Por love amem

“Aterrorizante”. É o adjetivo usado por um cidadão brasileior para descrever o que viu e sentiu ao acompanhar os pais num hospital de Manaus, no Brasil. Morreram ambos, no mesmo dia, devido às falhas de abastecimento de oxigénio na capital da Amazónia.

Iyad Hajoj perdeu os pais no mesmo dia, no espaço de uma hora. Estavam ambos internados no Hospital Getúlio Vargas, o pai na Unidade de Cuidados Intensivos e a mãe na enfermaria. Sucumbiram à falta de oxigénio que se agravou nos hospitais de Manaus, no Brasil, com o recrudescimento dos casos de covid-19 naquela cidade na falda da Amazónia.

“Foi o dia mais aterrorizante, que não desejo para absolutamente ninguém”, contou Iyad Hajoj. “Fui infetado pela covid porque tive que cuidar dos dois e tive que reconhecer os corpos”, explicou em declarações ao portal de notícias brasileiro “G1”, ao recordar que visitou os pais, na quinta-feira, e que em momento algum foi informado da falta de oxigénio que lançou o caos nos hospitais de Manaus.

A mesma quinta-feira em que correram o Mundo os vídeos que deram rosto e voz ao desesperto de brasileiros que viam familiares a morrer por falta de oxigénio no hospital. “O mínimo que podiam fazer era ter o básico: que era ar. Entendemos que estamos num momento crítico, mas faltar o básico é algo irreparável”, disse Iyad.

Na sexta-feira, dezenas de pessoas faziam fila em frente a um posto de distribuição, na esperança de conseguir adquirir garrafas de oxigénio para os familiares hospitalizados.

Fonte jn

+++Veículo explode depois de acidente e mata avô e neta