Gêmeos que foram separados ao nascer se reencontram mais de 20 anos depois e decidem morar juntos

Gêmeos que foram separados ao nascer se reencontram mais de 20 anos depois e decidem morar juntos

Setembro 15, 2020 Não Por love amem

A história de Gabriel Ferreira e Tomaz Maranhão é uma daquelas que poderia render um filme facilmente. Os dois nasceram em Fortaleza, mas acabaram separados logo depois. A família temia não ter condição de criá-los e decidiu entregá-los para a adoção.

Aos 16 anos, Tomaz recebeu da mãe biológica uma foto do irmão. Nesta foto, um nome estava registrado: o da mãe adotiva de Gabriel. Dali em diante, o jovem começou uma longa busca pela mulher nas redes sociais, na esperança de encontrar o irmão.

Depois de localizar a mulher e explicar a história, ele conseguiu falar com o irmão este ano. Foram 23 anos de separação, mas os dois não se desgrudaram mais. Diariamente eles se falavam no telefone até que decidiram morar juntos.

Tomaz mora em Fortaleza, enquanto o irmão vive atualmente no Triângulo Mineiro. Para se reunirem, Tomaz vai viajar para o sudeste e ficará um tempo morando com o irmão, recuperando uma convivência que não tiveram.

Os jovens recebem o apoio das famílias, que não se opõem ao reencontro e a convivência. Os dois jovens foram criados sabendo da própria história e revelam que sempre sonharam em se reencontrar, mas não imaginavam que seria tão rápido.

Antes de decidirem viver juntos definitivamente, os irmãos tiveram uma experiência de 20 dias vivendo juntos em Uberaba. A experiência foi determinante para que a decisão fosse tomada de forma definitiva. Agora, os dois esperam construir novas lembranças juntos.