No autocarro o menino estava constantemente a bater na perna dele e a mãe dele não fazia nada…

“Uma vez eu fui para a universidade em um autocarro publico. Na minha frente estava uma mãe sentada com uma criança de 5 anos, que constantemente batia com seus sapatos sujos nas minhas calças brancas – ele fez isso de propósito e eu claro que não gostei. Eu me sacudi uma vez, duas vezes. Depois fiquei chateado.

Eu me virei para a mãe dele e educadamente pedi para ela acalmar o menino. Então ela virou para mim e me respondeu que estava tentando criar o seu filho num sistema livre, sem nenhum tipo de restrição de educação. Ou seja em geral, eles não proíbem a criança de nada, eles crescem e fazem o que querem. Conclusão ela ignorou o meu pedido.

Mas depressa alguém me ajudou na situação. Um senhor que estava de pé da criança e da mãe e que presenciou tudo se abaixou, tirou a chiclete da boca e colou a diretamente na testa da mãe da criança. E foi então ele disse para a mãe da criança: “Meus pais também me criaram nesse sistema, nunca me ensinaram a ter educação e eu sempre fiz o que me apeteceu”. Então o senhor piscou o olho para mim e saiu na seguinte paragem.

 

Veja também:

Ao conhecer o futuro genro, a sogra sentiu algo estranho. Vasculhou o velho álbum de fotos, e quando viu as fotos, não queria acreditar!

Nos Estados Unidos capturou um homem misterioso sem boca

youtube

Espeleoturistas capturaram uma criatura humanoide em uma caverna australiana