Mãe engravida pela quinta vez, mas quando os médicos veem o ultrassom, a sala inteira se espanta

Mãe engravida pela quinta vez, mas quando os médicos veem o ultrassom, a sala inteira se espanta

Outubro 11, 2021 Não Por love amem

Um casal de moradores da cidade de Atlanta, capital do Estado de Geórgia, Estados Unidos, Joanie e Trevion, tiverem uma surpresa bastante curiosa. Os dois se conheceram quando ainda estavam na escola, momento que cursavam o ensino médio. Ao longo do tempo, a amizade acabou se tornando uma belíssima história de amor, com o casal decidindo se casar após um tempo de relacionamento.

Como a grande maioria dos casais, os norte-americanos também mostraram uma grande vontade de ser pais. Ao longo do casamento, Joanie engravidou pelo total de quatro vezes, se tornando mãe de meninas de 9, 11, 18 e 21 anos. O casamento mostrava estar indo muito bem, com os pombinhos tomando a decisão de ter mais um filho. Contudo, uma triste notícia acabou abalando a família.

Após Joanie conceber a última crianças, os profissionais de saúde lhe informaram que ela estava sofrendo com uma doença que iria impedi-la de ter mais filho, o que acabou sendo um grande baque para os familiares. A matriarca, ao lado de seu marido, se mostrou bastante entristecido com o que havia acabado de ouvir, necessitando tentar aprender a lidar com a ideia.

Acreditando que não poderia conceber mais filhos, Joanie acabou tendo uma enorme surpresa após sete anos. A norte-americana decidiu visitar um médico para realizar uma consulta, recebendo uma notícia que jamais esperaria. Na ocasião, o profissional que, no passado, havia diagnosticada a doença que a impediria de engravidar, foi responsável por informar que Joanie estava grávida novamente.

Como era de se esperar, a mulher e o marido se mostram bastante surpresos com a notícia, assim como o médico, uma vez que casos como o dele são bastante raros. Joanie, então, tomou a decisão de levar sua gravidez adiante, dando à luz não a um, massa três meninos de uma só vez, os pequenos Miles, Devon e Bryce. Mesmo vindo ao mundo de maneira prematura, os bebês receberam todos os cuidados necessários, podendo ir para a casa da mãe 10 semanas após o nascimento.

via noticiasatuaisbr.net