Mãe e filha esperam cerca de uma semana por leito de UTI e morrem com Covid-19

Mãe e filha esperam cerca de uma semana por leito de UTI e morrem com Covid-19

Abril 15, 2021 Não Por love amem

Dilzete Machado Bitti e Arlete Rangel morreram depois de esperarem por vagas em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no Espírito Santo. Mãe e filha, de 87 e 64 anos, moravam juntas em Vitória e foram internadas no pronto-socorro de São Pedro no dia 02 de abril.

Dilzete esperou por um leito durante cinco dias e, quando a transferência finalmente aconteceu, seu quadro de saúde já havia se agravado muito. Ela faleceu no dia seguinte. “Elas chegaram mal ao hospital, no mesmo dia. Quando minha tia foi levada na ambulância, a intubaram. Ela tinha tido uma melhora no quadro, mas piorou muito e morreu no dia seguinte”, revelou Francielly Machado, sobrinha da vítima, ao UOL

Já Arlete ficou dez dias aguardando a liberação de um leito. Ela foi transferida na última segunda-feira (12), e morreu na última terça (13).

“É angustiante a gente ver como está toda essa situação. Eu tive que sair implorando ajuda de muitas pessoas pra conseguir que alguém me ouvisse e nos ajudasse. Perdi duas pessoas que eu amava muito. Está sendo muito difícil”, desabafou Francielly.

Segundo familiares, Arlete já tinha problema cardíaco, estava em estado grave e corria risco de morte. Após a morte das vítimas, outros cinco parentes testaram positivo para a Covid.

via istoe