Homem suplica a Bolsonaro para baixar preço do arroz e presidente responde: ‘Compra na Venezuela’

Homem suplica a Bolsonaro para baixar preço do arroz e presidente responde: ‘Compra na Venezuela’

Outubro 26, 2020 Não Por love amem

Dia 25, pela manhã de domingo, Jair Bolsonaro fez um de seus passeios de moto que diariamente realiza, em Distrito Federal; pelos finais da semana. O presidente teria pegado o recurso de ir primeiramente em Sobradinho, numa pamonharia.

O presidente não se encontrava sozinha, mas sim com a companhia de Luiz Eduardo, Walter Braga; ambos ministros.Não sendo surpresa para ninguém, Bolsonaro também se encontrava sem máscara nenhuma e provocando a aglomeração dos cidadãos; quando interagia com eles.

Logo após, Jair se encaminhou a uma feira em outra região administrativa do Distrito Federal, no Cruzeiro. Nessa tal feira, seria o lugar onde Jair teria sido irritado por uma abordagem reclamando sobre o alto preço do arroz.

O homem teria suplicado para o presidente baixar o preço do arroz, pois já não aguentava mais. O presidente irritado com aquilo, em meio a ironia, perguntou o que o rapaz queria, se ele queria que ele abaixasse o preço apenas na base da caneta ou na tabela; dizendo que assim, o rapaz compraria o arroz na Venezuela.

Logo após Bolsonaro dizer as palavras citadas, o homem decidiu se afastar com a boca fechada. Bolsonaro afirma dizendo que ele fala e logo depois vai embora. O arroz com o alto preço, motivou ao governo, a divulgar no mês de setembro, a isenção de tarifa de importação para toneladas do alimento.

Fatores que teria uma justificativa para o preço do arroz atualmente, seria o consumo interno com aumento, devido ao Auxílio Emergencial que grande parte recebeu na pandemia; e a pandemia de 2020. Não somente os dois mas como também a valorização que o dólar teve; queda nas produções asiáticas, levando a cotação do grão em meio ao mercado internacional. Entre outros fatores.

No Distrito Federal, o uso de máscara é totalmente obrigatório em meio a áreas públicas. Esse protocolo teria dado início desde 30 de Abril, tendo também a iniciativa das multas em 18 de maio.