Luto no jornalismo: Morre Léo Veras depois de sofrer atentado em sua casa

Luto no jornalismo: Morre Léo Veras depois de sofrer atentado em sua casa

Fevereiro 13, 2020 Não Por love amem

Por volta das 20h10 da noite desta quarta-feira (12), o Jornalista Léo Veras, proprietário do site de noticias Porãnews, estava em sua residencia no bairro Jardim Aurora, na cidade de Pedro Juan Caballero, Paraguai quando foi alvejado por disparos de pisola 9 mm.

O Comissário Rodolfo Nunes, da policia Nacional informou em entrevista que Léo estava jantando junto com os seus familiares em uma mesa, quando três homens com capuz na cabeça invadiram a casa e efeturam vários disparos contra a pessoa de Léo.

De acordo com informações das redes sociais, Léo chegou a ser socorrido até o hospital Viva Vida, morrendo alguns minutos depois de dar entrada na unidade hospitar.

Esse crime chocou todos os jornalistas de Ponta Porã, Pedro juan Caballero, Campo Grande, Dourados e demais cidades e jornalistas que conheciam o trabalho de Léo Veras.

Um amigo de Léo Veras que não quis se identificar informou ao G1 que se encontrou há 20 dias com o jornalista e relatou sobre as ameaças de morte que vinha sofrendo.

A polícia paraguaia vai fazer perícia no celular e no computador da vítima. A casa onde o jornalista morava tinha câmeras de segurança, mas elas não estavam funcionando. Policiais do Paraguai devem solicitar a colaboração de policiais brasileiros para elucidar o crime.

O Ministério Público do Paraguai designou, na madrugada de quinta-feira (13), uma equipe de promotores para acompanhar o caso. Questionado sobre se já se sabe sobre eventual fuga dos assassinos para o Brasil, o promotor informou não descartar a hipótese. “Mas não temos nenhuma precisão a respeito disso”, completou.

 

Com informações g1 e https://www.pontaporainforma.com.br