Luto na Globo: coração de apresentador falha e internautas de todo o país dão seu adeus

Luto na Globo: coração de apresentador falha e internautas de todo o país dão seu adeus

Julho 16, 2019 Não Por love amem

O luto é um sentimento muito difícil de ser transposto. Diariamente, milhares de pessoas acabam perdendo a vida. No entanto, quando envolve alguém conhecido e querido, esse luto parece algo maior.

Nessa segunda-feira, 15 de julho, por exemplo, a morte de um importante nome da história da Globo surpreendeu o país inteiro. Nas redes sociais, muitas pessoas se despedem dessa grande personalidade.

Morreu o repórter e apresentador esportivo Francisco Inácio Sobrinho, mais conhecido com Chico Inácio, Ele comandava há anos programas na rádio Globo de Natal. De acordo com informações de amigos e familiares, Chico Inácio teria sofrido um ataque cardíaco e não resistiu.

Nas redes sociais, no entanto, muitas pessoas lamentaram essa perda, além do grande trabalho desse apresentador: “Acordei surpreso com o falecimento do repórter Chico Inácio (Francisco Inácio Sobrinho). Descanse em paz e que sua família possa suportar is momentos de dor. Ele vinha passando por momentos dificies dr superação com a diabetes…”, disse um dos internautas ao falar sobre a situação, como pode ser visto abaixo.

 

Outras personalidades também lamentaram a situação. O internauta abaixo, por exemplo, diz que a perda é importante para a Globo e também para todo o jornalismo esportivo de Natal.

 

Amigos também falaram sobre a situação, revelando que chegaram a estar com o radialista durante os dias difíceis dele. As mensagens são realmente comoventes.

 

A saúde de Chico já estava debilitada devido a diabetes e problemas renais. Nos últimos meses, ele chegou a ficar internado no hospital.

 

Fonte

 

Luto: jornalista querido no Globo morre atropelado e nota é emitida: ‘estamos no chão’

O mundo do jornalismo está de luto nesta terça-feira (16). Morreu um jornalista que é muito querido no meio em que trabalhava, sendo muito lembrado por conta da gentileza pelas pessoas que conviveram com ele, uma característica que foi marcante na sua vida e na sua obra.

As pessoas o classificavam como afiado, divertido e contestador. Tendo começado a sua carreira na antiga TVE, durante sua trajetória ele atuou em importantes jornais do país, como Placar, Época, Veja-Rio, Isto É, O Globo, O Dia e Jornal do Brasil.

O jornalista Rogério Daflon perdeu a vida na manhã desta terça, às 8h40, aos 55 anos de idade. Ele morreu devido ao atropelamento que sofreu na noite do dia 7 deste mês. Daflon tinha dois filhos.

“Fomos todos atropelados. Estamos no chão e está difícil levantar. Os amigos, quase todos jornalistas, sentem a falta de um colega guerreiro, obstinado, que vivia a essência do jornalismo em detrimento até da própria vida pessoal”, foi a nota emitida por Luciana Neiva, ex-mulher dele que também é jornalista e é a mãe de seus filhos.

Tulio Brandão foi um dos maiores amigos do jornalista e disse que ele era uma pessoa idealista e que tinha grandes convicções. Ele disse que Daflon era uma pessoa plena e que tinha o dom de transformar com elegância aqueles que conviviam com ele.

Paulo Marqueiro foi amigo de Daflon, no Globo, e disse que ele era um profissional que tinha obstinação pela notícia e tinha essa característica bastante marcante. Citando, inclusive, uma ocasião em que ele ficou esperando por horas um entrevistado, sentado em um banco desconfortável.

 

Fonte