DEUS PODE ESTAR FALANDO COM VOCÊ… PRESTE ATENÇÃO AOS SINAIS…

Deus pode estar falando com você, preste atenção aos sinais!

Cerca de três meses atrás, ela estava em uma viagem deliciosa com a família, momentos agradáveis e inesquecíveis, que agora não saiam de sua mente, uma sensação de gratidão imensa lhe preenchia o peito ao relembrar estes dias.

Essas lembranças agora eram sua companhia, em tempos difíceis, de dor e dúvida, após o seu diagnóstico, ela sentia-se cada vez mais debilitada e sozinha, por mais que sempre estivesse rodeada de familiares que lhe eram tão prestativos, ela sentia uma profunda solidão.

Seu marido, sempre maravilhoso, cheio de preocupação e zelo, perguntando-lhe o tempo todo o que ela precisava e se estava bem… às vezes ela era um pouco rude, mas ele entendia o momento pelo qual ela estava passando e por isso não se importava, queria apenas lhe ser útil, pois a amava muito e era um sofrimento absurdo vê-la diariamente perdendo a fé, que sempre fora sua companheira de vida em vários momentos, mas agora era diferente, sua fé estava sendo testada dia após dia e ela parecia estar sucumbindo às fraquezas humanas, deixando-se abater, ficando cada dia mais focada em sua doença ao invés de focar-se em sua saúde.

As orações estavam sempre presentes, ao acordar e ao dormir, mas pouco a pouco, foram perdendo sua função, ela se esforçava para sentir a gratidão novamente preenchendo-lhe o peito, mas tudo que sentia era uma tristeza profunda e pena de si mesma. Ela tinha consciência que de alguma maneira precisava reverter a situação e assumir novamente o autocontrole, mas sentia-se cansada e fraca.

Em uma manhã, ela acordou, abriu os olhos e imaginou-se no passado, como se tudo que estivesse passando fosse um pesadelo momentâneo, fez sua oração de gratidão e sentiu que Deus estava ali com ela e quis que aquele momento se prolongasse, mas logo caiu em si, quando teve que fazer muito esforço para conseguir se levantar e logo o sentimento de vazio a dominou.
Ela estava tentando, mas estava difícil, foi quando ela pensou que deveria estar difícil porque ela estava se afastando de sua fé e teria que resgatá-la ou cairia em um abismo sem volta.

Ao se deitar, ela orou como antes, pedindo: “Senhor me mostre o caminho, me sinto cansada e perdida, lhe entrego meu corpo e alma, meu destino lhe pertence, confio em ti”. Dormiu tranquila e profundamente como há muito tempo não fazia.

Na manhã seguinte, não sabia ao certo como, mas sentiu-se revitalizada, porém durante o dia, os mesmos pensamentos negativos voltaram a povoar-lhe a mente e ela sentiu um enorme vazio no peito.

Horas depois, estava ela no hospital acompanhada de seu marido, ele saiu rapidamente do trabalho, quando recebeu a notícia de que ela não estava bem e sentia muitas dores.

Enquanto eles aguardavam na recepção, um senhor deficiente em uma cadeira de rodas, a olhava de uma maneira profunda e constante, ela estava incomodada, o seu marido tão aflito, nada percebeu… momentos depois seu marido foi chamado para preencher a ficha, quando o senhor deficiente aproximou-se subitamente em sua cadeira de rodas, e disse fitando-lhe profundamente os olhos: “Desculpe incomodar, mas Jesus está falando comigo e eu preciso muito lhe falar!”

Ela estava imóvel, não conseguia se mexer ou falar… sentiu seu coração palpitar fortemente, como se fosse sair pela boca. E então o homem começou a dizer: “Você pensou que EU fosse te abandonar?

EU curei leprosos e vou te curar também. Você é minha serva e jamais te abandonarei ! Você estará nas mãos dos médicos certos, acredite a cura virá !”

Ela foi tomada por uma sensação indescritível, seu corpo parecia estar voando, ficou saboreando a sensação de gratidão imensa que preenchera não somente seu peito, como seu corpo inteiro, uma felicidade indescritível.

Ela permaneceu ali olhando para o nada, tentando entender o que havia acontecido, seria um anjo que havia lhe falado? Quem seria aquele homem?

Seu marido voltou e ficou assustado ao vê-la com uma cor pálida, apesar de um semblante feliz. Ela lhe contou o ocorrido, ele correu os olhos pela sala e não viu nenhum homem com aquela descrição. Os dois se abraçaram longamente, e lágrimas escorreram-lhes o rosto, eles estavam felizes, como nunca haviam estado antes!

Depois daquele dia, ela voltou para casa plenamente revigorada, sentia-se como antes, pronta para recomeçar e agradecer diariamente pela vida !

Preste muita atenção aos sinais ! Deus nunca nos abandona, ele pode falar connosco, quando menos esperamos !

Quando mais precisamos ele nunca nos abandona, são nestes momentos que ele nos carrega em seu colo, nos abraça e conforta.

créditos : Fabiana Dainese Mauch