Oração Milagrosa a Nossa Senhora do Rosário

Maria apareceu a São Domingos e indicou-lhe o Rosário como potente arma para a conversão

Esta festa foi instituída pelo Papa Pio V em 1571, quando celebrou-se a vitória dos cristãos na batalha naval de Lepanto. Nesta batalha os cristãos católicos, em meio a recitação do Rosário, resistiram aos ataques dos turcos otomanos vencendo-os em combate.

A celebração de hoje convida-nos à meditação dos Mistérios de Cristo, os quais nos guiam à Encarnação, Paixão, Morte e Ressurreição do Filho de Deus.

A origem do Rosário é muito antiga, pois conta-se que os monges anacoretas usavam pedrinhas para contar o número das orações vocais. Desta forma, nos conventos medievais, os irmãos leigos dispensados da recitação do Saltério (pela pouca familiaridade com o latim), completavam suas práticas de piedade com a recitação de Pai-Nossos e, para a contagem, o Doutor da Igreja São Beda, o Venerável (séc. VII-VIII), havia sugerido a adopção de vários grãos enfiados em um barbante.

Na história também encontramos Maria que apareceu a São Domingos e indicou-lhe o Rosário como potente arma para a conversão: “Quero que saiba que, a principal peça de combate, tem sido sempre o Saltério Angélico (Rosário) que é a pedra fundamental do Novo Testamento. Assim quero que alcances estas almas endurecidas e as conquiste para Deus, com a oração do meu Saltério”.

Essa devoção, propagada principalmente pelos filhos de São Domingos, recebe da Igreja a melhor aprovação e foi enriquecida por muitas indulgências. Essa grinalda de 200 rosas – por isso Rosário – é rezado praticamente em todas as línguas, e o saudoso Papa João Paulo II e tantos outros Papas que o precederam recomendaram esta singela e poderosa oração, com a qual, por intercessão da Virgem Maria, alcançamos muitas graças de Jesus, como nos ensina a própria Virgem Santíssima em todas as suas aparições.

Oração Milagrosa a Nossa Senhora do Rosário

Ó Mãe e Clementíssima Virgem do Rosário, Vós que plantastes na Igreja, por meio de Vosso privilegiado filho Domingos, o místico remédio do Santo Rosário, fazei que abracemos todos a Tua santa devoção e obtenhamos Teu verdadeiro espírito, de sorte que aquelas místicas rosas sejam em nossos lábios e corações, pelos pecadores medicina, e pelos justos aumento de graça. Amém.

(Pedir neste momento com confiança a graça que se deseja obter com esta reza)

Deus vos salve.

Quanto minha alma se alegra, amantíssima Virgem, com os doces recordos que em mim desperta esta saudação!

Se enche de alegria meu coração ao dizer o Ave Maria para acompanhar a alegria que teve Vosso Espírito ao escutá-lo da boca do anjo.

Alegro-me da eleição que de Vós fez o Onipotente, para dar-nos o Senhor. Amém.

(Rezar 4 Ave-Marias e 4 Glórias em reverência às quatro ordens de mistérios do Santo Rosário)

Ó Santíssima, virgem, mãe de Deus, doce refúgio e esperança piedosa de todos os aflitos!

Por aquela confiança e autoridade de mãe com que podeis apresentar nossos rogos ao que é árbitro soberano de nosso bem, empenhai uma e outra em favor nosso.

Consegui-nos o reformar com o Santo Rosário nossas vidas, estudando em tão doce livro a fiel imitação de Vosso Filho Jesus, até que possamos adorá-Lo e amá-Lo por todos os séculos dos séculos. Amém.

 

Veja também:

Algo maravilhoso acontece quando você confia na Virgem Santíssima

Oração a Nossa Senhora dos Impossíveis – Oração para todos os dias

Oração para Nossa Senhora de Lourdes para pedir qualquer graça