Grupo se incomoda com ato obsceno de casal em praia de Fortaleza, e caso termina em confusão

Um bate-boca terminou em confusão envolvendo cerca de 10 pessoas na Praia de Iracema, em Fortaleza, neste sábado (19). De acordo com a Polícia Militar, um grupo se incomodou com atos obscenos de um casal que trocava carícias íntimas, na região conhecida como Praia dos Crush; algumas pessoas reclamaram, e o casal, ambos guardas municipais de Fortaleza de folga, agrediu uma mulher.

Um vídeo feito por pessoas que estiveram no local mostra o momento em que o guarda municipal joga areia no rosto de uma das mulheres que reclamava do casal. Ela parte para cima do guarda, que a agride. Em seguida, várias pessoas se envolvem na confusão.

A briga foi encerrada quando um policial militar presente no local disparou um tiro de alerta para cima.

Caso de polícia

Briga começou quando homem jogou areia no rosto de mulher (Foto: Reprodução)

Briga começou quando homem jogou areia no rosto de mulher (Foto: Reprodução)

Cerca de 10 pessoas foram levadas à delegacia. No local, o homem que aparece no vídeo agredindo uma mulher assinou um termo circunstanciado de ocorrência por lesão corporal e ato obsceno. Uma mulher afirmou aos policiais militares que levou um soco no rosto, mas não sofreu ferimentos graves.

“Após exame de corpo de delito, foram constatadas lesões leves na vítima de 24 anos e no agente masculino”, informou a Polícia Civil do Ceará, por meio de nota.

O homem prestou depoimento na tarde deste sábado junto com a companheira, que também é guarda municipal.

A Guarda Municipal de Fortaleza informou que abriu uma sindicância interna para apurar o caso.

O homem prestou depoimento na tarde deste sábado junto com a companheira, que também é guarda municipal.A Guarda Municipal de Fortaleza informou que abriu uma sindicância interna para apurar o caso.

Veja o video clique no link

Creditos g1

Veja também:
Mulher morre após carro roubado cair em rio durante perseguição

Uma perseguição policial terminou com uma mulher morta e um homem ferido na madrugada desta segunda-feira (21), na região central de São Paulo (Marcelo Gonçalvez / Sigmapress / Estadão Conteúdo/Veja SP)