Crianças de 5 e 6 anos violadas por 100 dólares

Morgan Summerlin, uma norte-americana do estado da Georgia, admitiu na última sexta-feira que deixou vários homens violarem as duas filhas em troca de dinheiro.

De acordo com a Fox News, a mãe, de 25 anos, deu-se como culpada de crueldade contra crianças, tráfico de pessoas para servidão sexual e por aliciar crianças com propósitos indecentes. Morgan confessou a 26 de abril e a sentença está prevista para quatro de junho.

“É difícil imaginar factos que sejam mais horríveis do que aqueles encontrados neste caso. Eu espero que as duas meninas consigam sobreviver a este abuso e crescer como adultas saudáveis”, disse Paul L. Howard, Jr., procurador distrital.

Segundo as autoridades, as duas vítimas contaram a adultos em abril do ano passado que a mãe as levava a casa de homens para serem violadas em troca de dinheiro. Numa ocasião, as meninas foram levadas a casa de Richard Office, de 78 anos, que dava drogas a Morgan Summerlin. “Depois, Office deu 100 dólares (equivalente a 84.12 euros) às meninas e a mãe tirou-lhes imediatamente o dinheiro da mão”, explicaram as autoridades.

Morgan publicava frequentemente no Facebook fotos das crianças como se fossem suas filhas.

Também a avó das duas meninas, Teresa Davidson, se deu como culpada de crueldade com crianças em segundo grau, por falhar na proteção das netas, depois de elas lhe contarem que estavam a ser sexualmente abusadas. A avó foi sentenciada com cinco anos de prisão.

 

Via JN

Veja também:

‘Bebé-milagre’ encontrada no esgoto a ser comida por formigas

Transgénero namora com homem que a rejeitou antes de mudar de sexo

(Image: Caters News Agency)

Homem nu pede ajuda em bomba de gasolina para retirar brinquedo sexual do ânus

(Image: CEN)