Briga entre casal na origem de fogo que fez desabar prédio em São Paulo

Uma discussão entre um casal que vivia na torre ocupada ilegalmente em São Paulo pode estar na origem do fogo que levou à derrocada do prédio de 26 andares, que aconteceu esta madrugada na cidade brasileira.

O jornal O Globo conta que um dos moradores, Gabriel Archangelo, de 21 anos, assistiu ao momento, por volta da 1h30 local, em que um casal discutia no quinto andar, local onde as chamas deflagraram. O casal estaria a cozinhar usando álcool como combustível, uma prática proibida, mas comum. A testemunha conta que o marido colocava mais líquido na fogueira quando a mulher o empurrou. Segundo o Globo, as roupas dos dois incendiaram-se. “Eles arrancaram tudo do corpo e desceram nus com os filhos pela escadaria. Gabriel avisou a mãe para levar seus 11 irmãos para baixo e correu até o décimo andar berrando “fogo, fogo!”. “Não deu tempo de todo mundo sair. Não deu”, lamenta Archeangelo ao jornal brasileiro. O fogo destruiu o edifício onde viviam cerca de 150 famílias, num total de 400 pessoas. Há pelo menos uma morte confirmada e vários desaparecidos. Ao início da manhã, o fogo foi extinto e as autoridades iniciaram as operações de busca e salvamento.

 

Via cm

Veja também:

Corpo de Bebé recém-nascida encontrada morta  “coberto de mordidas de animais”

Policia segurando um berço no dia em que o bebê foi encontrado (Imagem: MEN Media)

Filha deixa mãe viva apodrecer no sofá durante dez anos até a morte

INS News Agency Ltd)

Mulher esconde pistola dentro da vagina para policia não a encontrar

(Picture: Mclean County Jail)