Diz que ficou gay depois de tomar analgésico

Um homem de 23 anos alegou que os analgésicos que ele tomou após um acidente de kart inesperadamente o tornaram gay.

Scott Purdy, 23, descreveu-se como um heterossexual de sangue quente que gostava de namorar mulheres antes de começar a tomar o analgésico Pregabalina, também conhecido como Lyrica.

Ele acredita que a droga fez com que ele perdesse sua atração sexual por mulheres e o levou a deixar sua namorada porque percebeu que ele estava atraído por homens.

Scott foi prescrito a droga depois de quebrar o pé no início deste ano.

“Notei que a minha libido estava a diminuir e já não me interessava por mulheres. Em vez disso procurava atenção masculina. Nunca tinha tido interesse em homens, mas assim que comecei a tomar Pregabalin via  minha vida de pernas para o ar e deixei de achar a minha namorada fisicamente atrativa”, relata o jovem

“Eu namorava há seis meses com uma jovem. Eu nunca me interessara por homens. Quando eu era mais jovem, eu estava um pouco curioso, mas…

“Um par de semanas depois que comecei a tomar, me virei e disse que não a achava mais atraente fisicamente. Ela sabia que eu estava tomando Pregabalina.

(Image: SWNS- Cambridge)

“Eu disse a ela: ‘Eu realmente não sei o que está acontecendo comigo e eu disse a ela que gosto de homens e não posso ficar com você’.

“Ela era relativamente compreensiva, tão compreensiva quanto você poderia ser.”

Pregabalina ou Lyrica é um medicamento usado para tratar a epilepsia, dor associada ao cérebro e transtorno de ansiedade generalizada.

Seus efeitos colaterais documentados incluem perda de libido e alterações de humor.

Scott acrescentou: “Eu só acho que as pessoas deveriam saber disso.

Scott e a Ex Namorada (Image: SWNS- Cambridge)

“Se alguém prescrever isso no futuro, acho que eles deveriam saber o que esse remédio pode fazer.

“Demorei um pouco para perceber o que era. Parei de tomá-lo por algumas semanas e esse desejo por homens acabou de sair.

“Mas eu estou nisso agora; Estou muito feliz. Eu quero continuar tomando porque me faz feliz com a minha sexualidade. Isso me fez sentir muito aberto. É libertador.

“A pregabalina também é usada para controlar a paranóia e a ansiedade. Isso me fez tão aberto e não incomodou o que as pessoas pensam ou dizem.

“Eu estava tomando isso por algumas semanas e cheguei à conclusão de que quando eu tomo quero machos.

Lyrica é fabricado pela Pfizer – o gigante farmacêutico que também faz Viagra usado para tratar a disfunção sexual em homens.

Uma porta-voz da Pfizer disse: “Quando prescrito e administrado adequadamente de acordo com o rótulo aprovado, Lyrica® (pregabalina) é uma opção de tratamento importante e eficaz para muitas pessoas que vivem com dor neuropática crônica, transtorno de ansiedade generalizada e epilepsia.

 

Traduzido por loveamem de mirror.co.uk

Imagem de Capa: (Image: SWNS- Cambridge)

 

Veja também:

Monge budista morto “sorri” enquanto seu corpo é exumado dois meses depois de ser enterrado

(Image: AsiaWire / Facebook)

Lider Religioso puxa carro usando apenas seu orgão sexual

Insere carregador de telemóvel no pénis porque “tinha comichão”