O milagroso “poço dos favores” de Santa Rosa de Lima

Você também pode jogar seus pedidos no poço de Santa Rosa mesmo não estando no Peru.

No dia 30 de agosto, milhares de fiéis se reúnem no Santuário de Santa Rosa de Lima para celebrar o dia da padroeira do Peru e das Filipinas.

Com muita devoção, crianças e adultos se aproximam do histórico “poço dos favores” para depositar suas cartas dirigidas à santa Rosa. O poço está localizado no interior do lugar onde vivia a santa – e hoje é o seu santuário.

Na praça em frente ao poço podem ser lidas as seguintes palavras: “Rosa jogou neste poço a chave do cadeado de uma corrente de ferro que ela colocou na cintura para fazer a penitência perpétua pelos pecadores”.

AFP PHOTO/CRIS BOURONCLE
PERU, Lima : People leave letters with wishes and petitions into a well in front of a statue of Santa Rosa of Lima (Saint Rose of Lima), as thousands of believers flock to visit her sanctuary for her feast, on August 30, 2010, at the monastery where she lived until her death in 1617. Santa Rosa is considered by Catholic followers as Preu’s, America’s and the Philippines’ patron saint. AFP PHOTO/CRIS BOURONCLE

História da devoção

A determinação para fazer penitência e aproximar-se das dores de Jesus na cruz sempre foi um destaque da vida de Santa Rosa. É através deste ato de amor que seu sacrifício feito em vida há tantos séculos ainda hoje segue dando graças abundantes ao povo de Lima e do mundo inteiro que a invoca.

Conta-se que, um dia, a santa jogou no poço a chave do cadeado da corrente de ferro que usava na cintura como penitência e, quando lhe pediram para tirasse o cinto, Rosa confessou a impossibilidade de fazê-lo.

Diante do fato, a santa se dirigiu ao poço dos favores e, depois de suas súplicas, foi ali que Deus abriu milagrosamente o cadeado.

Quando ela morreu, os milagres e as graças conseguidas por sua intercessão cresceram cada vez mais. Os fiéis, então, começaram a deixar seus pedidos no poço, na confiança que Santa Rosa receberia a correspondência e, por sua intercessão, Deus concederia as graças.

Com o passar dos séculos, milhões de pessoas deram testemunho das graças ali recebidas pela intercessão de Santa Rosa. São graças espirituais e materiais.

A fé compartilhada através da internet

Nem todos os devotos da santa têm a possibilidade de estar em Lima para se aproximarem da casa dela. Por isso, para aqueles que não podem estar lá pessoalmente, o arcebispado de Lima criou uma plataforma virtual (http://www.arzobispadodelima.org/santa-rosa-de-lima/2011/07/04/buzon-virtual/), onde os fiéis do mundo inteiro podem deixar seus pedidos e agradecimentos.

As pessoas que administram a conta de e-mail de Santa Rosa o fazem com muito respeito e mantêm as mensagens em anonimato. Depois de lerem os assuntos, os voluntários imprimem os pedidos e os jogam ao poço.

Depois de 400 anos de intercessão de Santa Rosa, o poço é, hoje, uma fonte de inúmeras graças para todos, lembrando-nos, como ela mesma dizia, “além da cruz, não há outra via pela qual podemos chegar ao céu”.

Fonte: Alteia

 

Veja também:

História de Santa Rosa de Lima

Oração a Santa Rosa de Lima para pedir fortaleza espiritual

Oração da Noite e Para Abençoar o Dia Seguinte

Pixabay