Mulher joga bebê do 10º andar de prédio em chamas e um anjo da guarda aparece para resgatá-lo

Momento desesperador. Fogo para todo o lado, pessoas nas janelas implorando por um sinal de que alguém poderia salvá-los. A cena era caótica. Crianças prestes a serem jogadas dos edifícios como a única forma possível de salvamento. Parece até um filme de Hollywood, mas tudo isso aconteceu em Londres, na Grenfell Tower a 14 de Junho de 2017.

Em algum momento, um bebê foi realmente jogado do prédio. Era o décimo andar, mas esta foi a solução que uma mãe desesperada encontrou em meio a todo aquele caos. Para alívio dela e de várias pessoas próximas do local, um homem próximo conseguiu realmente pegar o bebê em seus braços.

E ele não foi o único. Uma outra criança, de cinco anos, também foi jogada, mas do quinto andar e tudo o que ele adquiriu foram alguns ferimentos. ‘Tinha essa outra mulher gritando ‘meu bebê, meu bebê. Eu preciso sair, eu preciso salvar meu bebê”’, disse uma das moças próximas ao acidente.

Fire at Grenfell Tower in the West Lancaster estate , Latimer road.
PICTURE JEREMY SELWYN
14/06/2017

Enquanto isso, nas janelas via-se pessoas com celulares, toalhas, etc., para chamar a atenção dos bombeiros. Era um pedido de socorro engasgado, desesperado, sem sombra de dúvida.

Os que conseguiram se safar declararam que era como se fosse um inferno na terra de tão terrível. Dá para imaginar?

O incêndio na torre Grenfell ocorreu em 14 de junho de 2017, num prédio de 24 andares no North Kensington, em Londres, na Inglaterra. O grande incêndio atingiu o edifício com alto número de mortes, ao menos 79 vítimas confirmadas até 19 de junho.

Via NSCM